Como Surgiu o Dia dos Namorados?

Você sabe por que o Dia dos Namorados é comemorado no dia 12 de junho aqui no Brasil, diferentemente de outros países que é no dia 14 de fevereiro?

Então, em alguns países, como nos Estados Unidos e países da Europa, é chamado de Dia de São Valentim. E saiba que não é apenas para celebrar entre casais, mas também mostrar o carinho entre amigos.

Dia dos Namorados

Mas quem foi São Valentim?

Foi um bispo italiano que era contrário às ordens de o imperador Cláudio II, o qual proibiu a realização de casamentos durante o período de guerra. Só que Valentim continuou celebrando casamentos, foi preso e condenado à morte.

Na prisão, recebia muitos bilhetes de jovens falando de amor. Ele mesmo, acabou se apaixonando pela filha cega de um carcereiro e através de um milagre, fez com que ela recuperasse a visão.

Pouco antes de sua execução, deixou um bilhete para a amada, assinando “Seu Namorado”.

Existem outras histórias, por exemplo, na Idade Média, onde 14 de fevereiro era a data do momento do acasalar dos pássaros.

Enfim, independente da verdadeira origem, o dia 14 de fevereiro ficou sendo considerado como o Dia dos Namorados.

Por que no Brasil o Dia dos Namorados é só em junho?

Na verdade, o Dia dos Namorados no Brasil foi criado pelo antigo agente de publicidade João Dória, pai do ex-prefeito de São Paulo.

Você sabe que dia treze de junho é o dia que se comemora dia de Santo Antônio, segundo a Igreja Católica, também conhecido como o santo casamenteiro.

Quantas mulheres fazem pedidos ao Santo para conseguirem arrumar um namorado. Tanto que é bem tradicional as noivas colocarem nomes de amigas na barra do vestido.

Então, João Dória, na época dono da agência Standard Propaganda, começou a pensar em alguma estratégia para movimentar o comércio depois do Dia das Mães, no segundo domingo de maio.

Em junho de 1949 lançou uma campanha com o seguinte slogan “Não é só com apenas os  beijos que amor se prova”, ou seja, os casais de namorados deveriam mostrar seu amor não apenas com beijos e abraços, mas através de presentes.

Foi uma estratégia de marketing para aquecer o comércio. Criou também outro slogan “Não se esqueçam: amor com amor se paga”. E deu super certo!

Foi então que surgiu a ideia de comemorar o Dia dos Namorados exatamente no dia anterior ao dia de Santo Antônio. E deu tão certo que é uma data que movimenta bastante o comércio e gera muitas vendas.

Para você ter uma ideia, é a data de maior faturamento depois do Natal e Dia das Mães.

Você viu que apesar da origem e das datas serem diferentes, o Dia dos Namorados é universal, comemorado em todos os países do mundo. O importante é mostrar todo nosso afeto e amor por quem estamos apaixonados e comprar nem que seja apenas uma “lembrancinha”.